Pequenas alegrias do dia a dia

15:14

Um blog que conheci por acaso e, desde então, acho um amorzinho é o Lunettes. Lá, caminhando num dia de outono, achei um post muito amor que me inspirou a falar sobre isso aqui no blog. 
A Thamires lista algumas coisinhas que ela considera pequenos prazeres da vida e até comenta algo bem real: 

"Às vezes pensamos que só podemos ser felizes com grandes viagens para a Europa, presentes caros e outras coisas que exigem um esforço maior"

E, sabe, não só isso, mas pensamos também que só poderemos ser felizes se tivermos aquela pessoa, ou aquele emprego, ou estudarmos/morarmos naquele determinado lugar quando, no fim das contas, são somente expectativas. Quando damos por si, lá se foram oportunidades maravilhosas de realmente viver e, consequentemente, experimentar momentos de felicidade. 

Recentemente terminei um relacionamento e, confesso, fiquei muito mal. No outro dia decidi que deixaria o dia fluir, que me permitiria um pouco de diversão, de momento entre amigos, visto que eu estava muito mal. Então, sabe o que aconteceu? 
Eu tive um dos melhores dias da minha vida! 
(Marcela Tais - Pequenas Alegrias)
Eu acredito que é tudo questão de treinar o olhar. Ou seja, diariamente buscar olhar as coisas boas, o lado positivo, as oportunidades, tirar o lado bom mesmo das coisas ruins, sabe? Porque mesmo naquele dia que tudo dá errado, dá pra aprender algo bom, acredite. E, assim, dica do amor: não basta só olhar, mas evitar falar em problemas. Que tal se ao invés de reclamarmos por algo, a gente falasse algo bom que aconteceu? 


You Might Also Like

0 comentários