Quem foi: Caio Fernando Abreu

14:35






Ao menos uma vez, ao olhar uma rede social, você se deparou com belas frases reflexivas, escritas muitas vezes por cima de fotos tão belas quanto, ou mesmo em letras de caligrafia bonita preto no branco, onde, ao final, aparecia o nome do suposto autor das frases. Muitas vezes nós apenas apreciamos essas frases, sem se aprofundar no autor das mesmas. No post de hoje, convido-lhes a conhecer um pouco mais sobre sobre Caio Fernando Abreu. Boa leitura !


"Nascido em 12 de setembro de 1948, em Santiago (RS), Caio Fernando Loureiro de Abreu foi um jornalista, dramaturgo e escritor brasileiro responsável por obras que apresentam uma visão dramática de mundo moderno, com temas que tratam de sexo, medo, morte e solidão.
Seus primeiros contos começaram ainda jovem quando mudou-se para Porto Alegre. Mais tarde, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul cursou Letras e Artes Cênicas, ambas futuramente deixadas de lado para que se dedicasse ao Jornalismo, publicando em revistas como Nova, Manchete e Veja, além de colaborar em jornais de São Paulo.
Em 1968, foi perseguido pela ditadura militar, quando se refugiou no sítio de sua amiga escritora Hilda Hilst, Campinas (SP).Em 1973 viajou por países da Europa a fim de deixar tudo para trás, retornando somente em 1974 não mais nos padrões daquele momento que vivera anteriormente no Brasil. Agora, assim como a linguagem fora do padrão utilizada em seus contos, Caio Fernando Abreu apresentava-se com cabelos pintados de vermelho, brincos imensos nas duas orelhas e batas de veludo cobertas por pequenos espelhos. Após mudanças de Rio de Janeiro para São Paulo e, então, seu retorno à França, em 1994, o escritor descobre-se portador do vírus da AIDS e, então, retorna a viver com seus pais em Porto Alegre, dedicando-se a cuidar de roseiras até seu falecimento em 25 de fevereiro de 1996."

Texto por Isabelle Pegado

P.S.: Para os interessados em conhecer uma de suas obras: Morangos Mofados

Algumas frases do escritor:

"Vive menina. Vive. Porque o tempo cura, e traz pra vida da gente um motivo maior pra seguir. Acredite:o passado não tem volta e nada doí pra sempre."Caio Fernando Abreu

"A partir do momento que você descobre realmente a pessoa que você é, o que falam sobre você já não tem tanta importância assim." - Caio Fernando Abreu



You Might Also Like

0 comentários